#253. As microtransações estão arruinando os videogames?

A nova polêmica com “Star Wars: Battlefront II” botou fogo de vez no debate sobre o papel dos DLC’s e microtransações no modelo de negócios dos games. Jogadores estão furiosos com a Electronic Arts, por conta de conteúdo que deveria fazer parte do jogo, mas é vendido separadamente. Pior ainda é o desequilíbrio no esforço e tempo dedicado para desbloquear itens e personagens, mas que pode ser resolvido tirando a carteira do bolso.

No Braincast 253, Carlos Merigo, Cris Dias, Robson Bravo e Caio Corraini discutem se o modelo é válido ou se existe uma ganância exagerada por parte dos desenvolvedores. É justo pagar pra vencer? As lootboxes não manipulam os jogadores com o mesmo princípio dos caça-níqueis?

O papo começa aos 15:10 minutos.

OUÇA através do player abaixo ou pelo SPOTIFY:

Download | iTunes | Android | Feed | Spotify

> 2:15 Comentando os Comentários
> 15:10 Pauta principal
> 1:04:20 Qual é a Boa?

====

COMPRE A CAMISETA:
Cumbucagate – I Want to Believe

100% Algodão
Fio 30/1
Cor Preta

PRÉ-VENDA: Entrega em novembro/2017
cumbucagate.com

TORNE-SE UM PATRONO DO BRAINCAST

Patreon: patreon.com/braincast
Apoia-se: apoia.se/braincast

========

Críticas, comentários, sugestões para braincast@b9.com.br ou nos comentários desse post.

> Edição: Caio Corraini
> Sound Design: Caco Teixeira
> Arte da Capa: Johnny Brito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.